Top

O poder do storytelling na venda de produtos de beleza

O

Storytelling é a arte de contar histórias. De comunicar e transmitir ideias através de recursos verbais (fala, textos) e não verbais (imagens, vídeos, ambientes, experiências). E são esses recursos, projetados em conjunto, que ajudam a construir significados às marcas, provocam sentimentos, geram associações e, por consequência de um trabalho coerente, aumentam o potencial de venda.

 

O diagnóstico, direcionamento e criação de storytelling para marcas de beleza faz parte das entregas Brands2Beauty.

Nossa time de especialistas em marcas, estratégia e comunicação é responsável por desenvolver todos os elementos estratégicos para contar histórias de marcas e produtos e promover vendas aos públicos estratégicos.

A importância do storytelling visual: uma imagem vale mais do que mil palavras

Pesquisas de neuromarketing indicam que 93% da percepção e julgamento do nosso cérebro ocorre em uma fração de segundos (mais especificamente 0,05 segundos). Aqui fica evidente a importância da imagem, do visual, da estética e do design.

A embalagem, as fotografias do produto, os posts no Instagram, a experiência na loja virtual, os materiais e embalagens do produto presentes no ambiente físico, influenciam na forma como o consumidor percebe a sua marca. Seja ela um comprador B2B ou B2C.

Nos canais digitais o desafio é maior. O cliente não tem acesso ao produto físico, não tem um consultor de vendas para ajudá-lo. Cabe às telas do computador ou smartphones serem o palco das vendas. E é aí que as imagens devem transmitir toda a estratégia pretendida pela marca.

Entendimento de conceito, mercado e identificação de oportunidade: marcas bem posicionadas no mercado contam boas histórias

O sucesso do segmento ‘k-beauty’ está aí para provar. A qualidade dos produtos coreanos é inegável. Mas imagine o poder de transmitir histórias para os quatro cantos do mundo incentivando a consumidora ocidental seguir 10 passos e adquirir 10 produtos de skincare coreanos. Ou a diversidade promovida através da extensa paleta de cor das maquiagens Fenty Beauty.

Também são histórias a ideia de personalizar produtos e de toda a experiência de compra promovida pela Le Labo ou The IOPE.

Detalhe que todas estas histórias são recontadas diariamente na internet. Youtube, Google, Instagram e mesmo o Tik Tok são exemplos de ferramentas que promovem ideias, conceitos, histórias.

 


 

O storytelling é a base para um projeto de vendas. Sem ele não sabemos quais histórias contar ou como contá-las. Qual deverá ser o “tom de voz” da marca? Quais as cores? Como devem ser as imagens? Mais sóbrias? Mais fun? Quais oportunidades de negócio vislumbramos para uma determinada marca?

Sócia-fundadora e Diretora Criativa da Brands2Beauty, Nicole é Comunicadora e especialista em Marketing e Branding, com grande expertise em projetos da área da beleza e bem-estar, varejo e marketing digital.

nicole@brands2beauty.com