Top

A nova trend de K-beauty: adesivos curativos para acne

Em um primeiro momento, para nós brasileiros, usar adesivos para a acne pode parecer estranho e para uso de adolescentes. Mas indo mais a fundo e pesquisando sobre a trend que vem tomando conta da internet, entendemos que existe grandes possibilidades dessa moda também pegar por aqui…

 

A moda, é claro, vem da da Coréia do Sul, um dos países que mais lança tendências em skincare.

 

Por lá, a adoração pela pele perfeita existe desde criança, e é comum que adultos usem adesivos curativos para a acne mesmo no trabalho. “Era muito comum que homens e mulheres tivessem essas manchas claras de hidrocolóide na pele para tratar uma mancha ou após um tratamento a laser”, disse Charlotte Cho, fundadora da marca Soko Glam para a publicação Beauty Matter. Cho experimentou e ficou impressionada com os adesivos.

 

“Eles eram tratamentos baratos e suaves que realmente me deram resultados perceptíveis para minha acne – em oito horas minhas espinhas estavam menores e começando a cicatrizar”, disse ela.

 

Então, em 2012, foi uma das primeiras empresas a levar os adesivos para os EUA. “Eles se tornaram um best-seller instantâneo entre os americanos porque “não havia nada realmente parecido no mercado”, disse ela.

 

Depois que os adesivos de espinhas começaram a chamar a atenção nas redes sociais dos EUA, por volta de 2015, Cho lançou a marca própria, Klog Soft Shield Pimple Patches, seus próprios tratamentos hidrocolóides para espinhas, um best-seller desde o lançamento.

Klog Soft Shield Pimple Patches da marca coreana SOKO GLAM.

 

Hoje, uma rápida pesquisa por #pimplepatch no TikTok o levará a uma toca de coelho de vídeos de Gen Zers usando adesivos que vão desde pequenos círculos claros a estrelas amarelas e deslumbrantes flores – todas feitas de hidrocolóide. 

 

 

A indústria de beleza dos Estados Unidos “aproveitou as inovações vindas da Coréia em termos de formulação e procedimentos cosméticos”, disse Kelly Kovack, estrategista de marca e fundadora e editora-chefe da publicação comercial Beauty Matter

 

Hoje você pode encontrar adesivos para espinhas (que custam de US $ 5 a US $ 29) nos principais varejistas americanos, incluindo Target e Neiman Marcus, de marcas americanas como ZitSticka, Hero Cosmetics, Peter Thomas Roth, Clearasil e Starface.

 

Yarden Horwitz, cofundador da plataforma de inteligência de tendências Spate, disse que os adesivos de hidrocolóide para espinhas tiveram um forte crescimento nas pesquisas online nos EUA no ano passado, com 36.600 pesquisas mensais médias para o primeiro e 97.600 pesquisas mensais para o último. 

 

De acordo com a representante Sarah Barnes da Trendalytics, uma plataforma de dados preditivos e analítica de varejo, as publicações sociais mencionando manchas de espinhas aumentaram 93% em relação ao ano passado.

 

Marcas como Starface e Squish estão indo além de apenas tratar a espinha, promovendo a positividade da pele com manchas de espinhas no formato de estrelas e flores deslumbrantes. Essas marcas estão normalizando os surtos e “tornando legal ter acne”, disse Josh Zeichner , dermatologista de Nova York e diretor de pesquisa cosmética e clínica em dermatologia do Hospital Mount Sinai.

 

“Como muitas tendências em beleza no momento, acho que a popularidade dos adesivos para espinhas foi impulsionada pela Geração Z e por marcas que exploraram o que faz esta geração funcionar”, disse Kovack. “Essas marcas reformularam a linguagem da categoria acne, que historicamente tem como base a vergonha”

A marca americana Starface é febre entre os americanos

 

No Instagram, a marca é fun, e destinada principalmente para a GEN Z. A atriz Hailey Bieber é uma das embaixadoras da marca. 

 

 

Os dermatologistas também os consideram úteis. “Eu sou um grande fã desses adesivos do ponto de vista prático, quando eles são usados ​​junto com tratamentos tradicionais de acne, como peróxido de benzoíla, retinóides tópicos e outras opções de prescrição, que são a base do tratamento”, disse Zeichner, que os encontrou especialmente úteis como tratamentos direcionados para espinhas.

____________________________________________

No Brasil, a onda de adesivos para a acne ainda não emplacou. Qual será a primeira marca a viralizar por aqui?

 

Sócia-fundadora e Diretora Criativa da Brands2Beauty, Nicole é Comunicadora e especialista em Marketing e Branding, com grande expertise em projetos da área da beleza e bem-estar, varejo e marketing digital.

nicole@brands2beauty.com