Top

Pricing: como definir a estratégia de preço em produtos cosméticos

A precificação é um dos pontos mais importantes para uma marca de cosméticos, pois ajuda a refletir o posicionamento e público-alvo pretendido.

Muitas vezes essa etapa é negligenciada e, na pressa por já começar as vendas, os valores são decididos sem a atenção que merecem. 

Determinar uma precificação estratégica para o portfólio de produtos não é uma resolução simples e, por isso, deve ser planejada com antecedência. 

 

Basicamente, uma estratégia de precificação envolve 3 etapas: custo unitário do produto, margem de lucro pretendida, custo com o canal. 

 

#Custo Unitário do Produto:

Cálculo do preço dos insumos, matérias-primas necessárias para a produção dos cosméticos. Custos com produção da embalagem deve ser incluída no preço final do produto. 

Muitas vezes a embalagem possui custo superior ao produto como estratégia de posicionamento e imagem pretendidas. 

 

#Margem de Lucro:

Devemos estimar uma margem para que o valor investido possa ser recuperado em médio-prazo. Claro, aqui, podemos ser estratégicos e reduzir as margens como forma de entrada no varejo de forma mais simples. 

Uma estratégia que utilizamos é a criação de vendas casadas, que aumentam o ticket médio em uma única compra. 

 

#Custo com o Canal:

O ponto de partida para calcular o valor de venda ao consumidor final de um produto se dá de uma maneira relativamente simples:

 

Canais B2C e D2C = Custo do Produto + Margem de Lucro Bruta = Preço Consumidor

 

Quando a venda envolve intermediários, calculamos da seguinte forma:

Canais B2B = Custo do Produto + Margem de Lucro Bruta = Preço de Venda B2B + Margem de Lucro Bruta Varejo = Preço Consumidor

 

Importante salientar que a margem de lucro bruta nas operações B2C e D2C são maiores do que em operações B2B, porém toda a logística e ativação da marca se dará com o consumidor final dos produtos. 

 

Para ambas as operações, as verbas de marketing e ativações precisam estar definidas para um cálculo correto.

Com isso definido entram as análises subjetivas, ou seja, o lifestyle que a marca representa, quem está conectado com os produtos ou quem são os embaixadores, conceito de marca, imagem (embalagem, mídias sociais, site e todos os pontos de contato). A percepção de valor do produto deve estar em sinergia com o valor real.

 

Na Brands2Beauty, assessoramos clientes no processo de definição da estratégia de preço. Somos uma consultoria especializada no mercado da beleza e bem-estar e atendemos perfis de clientes diversos.

 

Entre em contato conosco.

 

WhatsApp +55 11 96281-4680 

contato@brands2beauty.com

Imagem Fenty Beauty

Com um time de experts em marketing conectados entre São Paulo, Miami, Seul e Milão, nossas entregas são full service e abrangem todo o espectro da estratégia, comunicação e distribuição de marcas de beleza e bem-estar.

contato@brands2beauty.com