Top

Sephora anuncia o “Clean + Planet Positive”, programa que prioriza marcas clean beauty e sustentáveis

Na última sexta-feira (19), a Sephora divulgou que expandiu o programa Clean at Sephora incluindo uma nova subcategoria de produtos denominada “Clean + Planet Positive”.

Marcas recebem destaque no e-commerce Sephora, com labels que indicam ou uso de ingredientes limpos e estratégias sustentáveis.

 

Espaços em loja destacam produtos que recebem o selo.

 


Clean at Sephora

Lançado em 2018, o “Clean at Sephora”  classifica como produtos de beleza limpa aqueles que não incluem em sua fórmula uma lista de 50 ingredientes, incluindo sulfatos (SLS e SLES), parabenos e ftalatos. Mais de 3.000 produtos, de 68 marcas possuem essa label, com exclusividade na operação dos Estados Unidos. 

 

Selo de Beleza Limpa Sephora analisa ingredientes dos produtos

 


“Clean + Planet Positive”.

 

As marcas classificadas como “Clean + Planet Positive”, além de atenderem aos critérios do “Clean at Sephora” em relação à ingredientes limpos, devem incluir em suas estratégias outros 4 fatores: (1) o compromisso com o impacto climático, (2) a preocupação com a sustentabilidade em sua cadeia de fornecedores, (3) o uso de embalagens sustentáveis e (4) doações para ações ambientais

Produtos recebem labels que orientam e educam o consumidor durante o processo de compra.

# Ingredientes Limpos

Os produtos devem ser limpos e formulados sem octinoxato, perfluorquímicos, nitromusks e almíscares policíclicos e outros 45 ingredientes. Confira a lista clicando aqui.

 

# Compromisso com os Impactos Climáticos

As marcas devem cumprir pelo menos uma das seguintes metas: operações neutras em carbono, redução das emissões de gases de efeito estufa ou operações próprias com energia 100% renovável.

 

# Sustentabilidade na Cadeia Produtiva

Produtos cruelty free (que não testam em animais), que usam apenas óleos extraídos de forma sustentável, sem microplásticos e em conformidade com os padrões de CBD da Sephora são exemplos do que é considerado nesta classificação. 

 

# Embalagens Sustentáveis

A marca deve reduzir, reciclar e reimaginar a forma como embala seus produtos, o que significa não incluir em seu portifólio produtos de uso único ou com materiais desnecessários, projetar embalagens que sejam sustentáveis, com conteúdos reciclados pós-consumo (PCR), biomateriais e tinta à base de plantas. 

 

# Doações Ambientais

A marca deve doar pelo menos 1% do lucro para um programa de doações de alto impacto e longo prazo que seja multianual e contínuo, ou seja uma empresa B certificada.

 

A nova designação limpa da Sephora começou com 18 parceiros de marca, incluindo Caudalie, Farmacy, Biossance, Youth to the People, Tata Harper, Selfless by Hyram, Ren, Herbivore, Alpyn Beauty, Necessaire, Prima, Maison Louis Marie, Susteau, Saie, Aether, Ellis Brooklyn, Briogeo e a própria coleção Sephora do varejista.

 

 


 

 

A receita global do mercado de beleza limpa foi estimada em $ 5.439,6 milhões em 2020 e deve chegar a $ 1,155 bilhão em 2027, crescendo a um CAGR de 12,07% de 2020 a 2027, de acordo com a Brandessence Market Research And Consulting.

 

De acordo com o relatório, os cuidados com a pele representam a maior fatia de 28,5% do mercado de beleza limpa de 2020. A Sephora estabeleceu seu programa Clean at Sephora em 2018. 

O site WWDinformou que duas fontes disseram que 30% do crescimento das vendas da Sephora – quase US $ 3 bilhões em vendas online para a América do Norte – vem das marcas 92 Clean at Sephora.

 


 

Marcas que priorizam a sustentabilidade em suas estratégias de negócio são a nova demanda de mercado

A urgência pela sustentabilidade continua sendo uma grande prioridade na consciência pública. O foco na comunidade, na harmonia com a natureza e nas práticas mais sustentáveis está surgindo em todos os setores com despertar que a pandemia global trouxe para esses temas. Além dos cuidados redobrados com a saúde e a higiene, é notável que as pessoas começaram a dar mais atenção à relação entre o meio ambiente e o modo como consomem

Essas preocupações transpassam gerações e incitam transformações radicais em hábitos de consumo que demandarão mudanças e posicionamentos claros das marcas. A busca por produtos e serviços que atendem ao desejo das pessoas por uma abordagem mais consciente do consumismo já é cada vez maior: segundo dado da WRAP, 73% dos consumidores estão agora preparados para mudar seus estilos de vida para ajudar o meio ambiente. 

Marcas que iniciarem o pensamento de sustentabilidade e preocupação ambiental no Brasil ganharão preferência não apenas dos consumidores finais, mas de todos os públicos envolvidos na distribuição: intermediários, varejistas.

Embora a Sephora esteja lançando esses. programas apenas nosEUA, a tendência de sustentabilidade é urgente e global e em breve esta será a realidade em diversas praças, incluindo o Brasil.

Para a indústria e fabricantes de cosméticos que desejam se manter no mercado por longos anos, é essencial ressignificar processos tradicionais, reavaliar fornecedores e repensar o seu impacto ambiental.  

Sócia-fundadora e Diretora Criativa da Brands2Beauty, Nicole é Comunicadora e especialista em Marketing e Branding, com grande expertise em projetos da área da beleza e bem-estar, varejo e marketing digital.

nicole@brands2beauty.com